logo_claro

Francisco e Jacinta: Portadores do segredo do Céu. 

São Francisco e Santa Jacinta Marto, dois irmãos que, nascendo numa pequena aldeia no meio de Portugal no século XX, foram portadores dos segredos do Céu. foram portadores da luz! Isto é, receberam humildemente a luz e foram escolhidos para a transportar.
Quando no tempo do Rei David, era preciso levar a arca da aliança, os levitas (1 Cr 15, 2) levavam-na aos ombros pelo meio do povo. Os levitas transportavam com o próprio corpo o sagrado. Transportar o sagrado é ser-se portador do Céu, não possuidor, mas “custodiador”, como quem guarda e carrega o “Deus- Baixíssimo” nas suas próprias mãos.   
Portadores dos segredos do Céu, Francisco e Jacinta, são testemunho de um caminho luminoso até Deus, como se nos dissessem ao ouvido o segredo da santidade. Quando nos contam um segredo, passamos a ser seus portadores, foi-nos oferecido, nele ficámos implicados e responsáveis por guardá-lo ou contá-lo. 
O Francisco guardou o segredo deste amor, na solidão dos tempos passados diante de Jesus na Eucaristia, ou quando se retirava para desfiar as contas do rosário, como se desfiasse as contas do coração de Deus.
Mas este segredo, dito sem ruído algum, trabalha em nós lentamente como trabalha o agricultor a sua terra, esperando pacientemente o fruto, até nos interpelar e fazer transbordar o coração. Da Jacinta aprendemos a deixarmo-nos interpelar pelos segredos de Deus, que nos fazem arder o coração e ser pessoas totalmente imersas na Sua santidade e lançadas no desejo de salvação para todos. 
Os segredos de Deus precisam de corações capazes de acolher o dom de ser portador, peçamos a estas duas candeias – Francisco e Jacinta – que nos ensinem a sermos também nós portadores dos segredos luminosos do Céu. 

Sophie Alves, asm