logo_claro

S. Francisco Marto | o menino das Bem-aventuranças

III.
Este pobre foi feliz
Porque mendigou para a sua indigência
O esquecimento.

Foi um bom verso…
Mas ainda não a verdade total
– A que me é possível chegar.

Tento outra vez:
Este pobre foi feliz
Porque muito amou.
É isto.

Porque o resto foi o que teve de ser
Para desocupar as mãos
E livre
Consolar.

Poema de Verónica Benedito, asm
Foto de Nine Koepfer